Água Mineral




A água mineral é derivada de águas subterrâneas especialmente enriquecidas com sais em razão do contato com fissuras geológicas por centenas de anos. Com essas características próprias em sua composição físico-química, a água mineral é considerada benéfica à saúde e um poderoso alimento.



A grande diferença da água mineral está no pH (potencial de Hidrogênio). O pH é um conceito químico utilizado para medir a acidez ou a alcalinidade de qualquer líquido ou solução. Se a água possuir um pH menor que 7, ela é considerada ácida. Se o pH for igual a 7, a água é neutra. Já se o pH for maior que 7, ela é alcalina. No mundo, 90% das águas minerais são ácidas e apenas 10% delas são neutras ou alcalinas. Segundo especialistas, a água mineral alcalina é recomenda para a neutralização dos ácidos estomacais e para a eliminação dos radicais livres formados pelo nosso organismo



A água mineral do Brasil é considerada como uma das melhores do mundo. Com base nos dados do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), a região Sudeste do país lidera a produção de água mineral, com cerca 55% do total da água engarrafada.



Em 1848, o Imperador Dom Pedro II criou a primeira estação hidromineral, em Santa Catarina. Já em 1930 foi criado o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). A partir dessa época, começou a se consolidar a indústria de águas minerais.



É importante lembrar que a água mineral, desde o momento de sua captação, até o engarrafamento, deve manter os elementos da sua composição original. As águas minerais também têm natureza purificadora e hidratante, qualidades cada vez mais valorizadas numa sociedade em busca de alimentação mais natural.